Dicas para organizar sua viagens ao exterior

Se o seu período de férias já está chegando e esse ano a ideia é aproveitá-las no exterior, alguns detalhes são fundamentais para que a sua viagem saia como planejado. Isso porque uma viagem internacional exige atenção especial para alguns cuidados que, quando viajamos só pelo Brasil, dificilmente levamos em consideração.

E para fazer com que as suas férias possam ser aproveitadas ao máximo (e sem qualquer tipo de dor de cabeça), separamos neste artigo algumas dicas para organizar a sua viagem ao exterior. E aí, vamos lá?

  • Planejar com antecedência é tudo

Um dos tópicos de maior importância na organização da sua viagem é o planejamento dos custos. Isso porque, com ele definido com antecedência, você com certeza vai conseguir economizar o suficiente para fazer bons passeios e jantares durante a viagem.

O primeiro aspecto que merece cuidado neste sentido é em relação à passagem aérea. Vamos levar em consideração um exemplo: uma viagem para os Estados Unidos custa entre US$ 1.000 e US$ 1.300. Mas comprando a passagem com quatro a seis meses de antecedência, esse valor pode chegar a até US$ 700. Sensacional, não é mesmo?

Além disso, também defina com antecedência a hospedagem – em cima da hora os valores podem dobrar ou até triplicar, principalmente durante altas temporadas.

  • Tome cuidado com o número de destinos

Se você está pensando em fazer um tour na Europa, por exemplo, é necessário alertá-lo que isso pode custar bem caro. Isso porque, quanto mais nos deslocamos, maior é também a chance de elevarmos os gastos – seja no transporte, na alimentação e principalmente na hora dos passeios turísticos.

Por outro lado, ficar em um mesmo país (ou em uma mesma região para o caso de países demasiadamente grandes, como é o caso da Rússia, China ou Estados Unidos) permite que você conheça as atrações turísticas e monumentos de modo mais aprofundado e, é claro, em um ritmo mais tranquilo.

  • Já pensou em um pacote de turismo?

Se você também é um daqueles que costuma torcer o pé para os pacotes turísticos, vale lembrar que eles podem não ser tão ruins assim – mas pelo contrário.

Um pacote de viagens pode ser uma alternativa economicamente muito mais viável do que uma viagem independente. Além disso, nele costumam estar inclusos os melhores passeios e roteiros, as melhores condições para compra da passagem aérea e hotéis de alta qualidade. Vale a pena tentar, não acha?

  • Não deixe de contratar um seguro viagem

Por mais que muitos sejam os indivíduos que ignorem essa necessidade, uma assistência ou seguro viagem é fundamental pelo menos para a cobertura de eventuais despesas médicas ou medicamentos, afinal, acidentes podem acontecer. Além disso, é também esse tipo de seguro que irá lhe assegurar caso ocorra uma perda de bagagem internacional, por exemplo.

Além disso, vale a pena destacar que os seguros são opções extremamente baratas quando em comparação ao risco de acabar precisando arcar com os custos da medicina privada, principalmente quando nos referimos aos países europeus ou aos Estados Unidos, por exemplo.

  • Fica difícil se comunicar quando está longe?

Outro grande dilema: como faço para me comunicar quando estiver fora do pais?  Usar os pacotes especiais da sua operadora de telefonia no exterior pode ser uma armadilha, então muitos procuram logo comprar um chip pré-pago no pais de destino. Mas ainda assim nem sempre trará experiências agradáveis.

A Brasil Roaming oferece planos de roaming internacional com valores que podem lhe trazer economia de até 80% dependendo da região de destino juntamente com uma lista de outras vantagens interessantes. Um único chip da Brasil Roaming funciona em mais de 200 países, sem a necessidade de trocar de chip em cada país visitado. Alem de tudo isso a Brasil Roaming fornece um número fixo do Brasil para maior economia nas ligações recebidas.

 

E então, quer saber mais a respeito? Acesse: www.brasilroaming.com.br

1 Comentário

Deixe uma resposta