Intercâmbio na Europa: conheça os melhores países para estudo, trabalho e viagem

Quando se trata de intercâmbio que soma estudo, trabalho e lazer, os países europeus estão entre as primeiras opções dos jovens

A Europa é um dos principais destinos quando o assunto é turismo e é mais ainda quando o assunto é intercâmbio. Com tantos países a serem explorados, o continente torna-se um prato cheio de opções para quem quer fazer cursos de idiomas ou ingressar em alguma das universidades para graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado.

Uma das grandes vantagens de escolher a Europa para intercâmbio é o custo-benefício: você pode viajar pagando pouco e ainda conhecer outros países em um curto período de tempo. Porém, para que isso possa ser realizado, é preciso economizar.

Destinos mais procurados

Quando se fala em intercâmbio na Europa, a cidade de Londres, na Inglaterra, é um dos destinos mais procurados, senão o mais procurado. Por ser uma capital multicultural, a cidade é figurinha carimbada para quem busca aprender o inglês britânico e aproveitar pontos turísticos como o Big Ben, o Palácio de Buckingham, a London Eye e o Hyde Park.

Depois da Inglaterra, a Irlanda é o lugar mais escolhido pelos brasileiros. A cidade de Dublin é atraente por ser um destino de baixo custo, por oferecer possibilidade de trabalho e facilidade de viagem para outros países europeus.

Entre outros países queridos pelos brasileiros para intercâmbio estão a França, com a badalada e luxuosa Paris; a Espanha, com a intensa vida cultural das cidades de Barcelona e Madrid; e a Alemanha, com a capital Berlim, escolhida para aprender ou aprimorar o alemão. Além destes, se destacam, também países como Holanda, Itália, Portugal e Malta, ilha localizada ao sul da Europa.

Arranjando trabalho

Entre os países europeus que permitem o trabalho para intercambistas estão Irlanda, Alemanha, Espanha, Itália e França. Cada país possui suas regras quanto a isso, mas a melhor forma de ter um dinheiro extra, caso você esteja em um país que não permite trabalho para estudantes de outros países, é optar por empregos informais como dar aulas particulares, fotografar ou escrever textos como freelancer para sites ou blogs.

Viajando no período de intercâmbio

Viajar pela Europa é procurar por companhias de baixo custo (as chamadas low cost), uma vez que viagem de avião no continente não é sinônimo de luxo e sofisticação. Dependendo da companhia e do trecho escolhidos para a viagem, a passagem aérea pode ser mais barata do que carro, trem ou ônibus: as passagens para outros países podem ser encontradas por menos de R$ 100!

Para que consiga os melhores preços, é importante pesquisar. Recomenda-se preferir épocas, horários e dias menos procurados para essas viagens. Outras dicas de ouro é dar preferência por aeroportos secundários aos principais, pois são os que contam com preços mais atrativos, e levar apenas uma bagagem de mão, o que faz diferença nas companhias low cost, pois quem despacha malas paga uma taxa extra.

Uma boa ideia, para você que quer se aventurar pelo continente europeu, é explorar países como Eslováquia, Hungria, Polônia, República Tcheca e Croácia. Outros destinos como Portugal, Grécia e Turquia também têm lugares lindos por ótimos preços e, se você prefere lugares mais exóticos, que tal optar por destinos como Marrocos ou Egito? Diversas capitais europeias têm voos rápidos e diretos para destinos do continente africano por um preço tentador.

É possível conhecer a Europa sem gastar muito. Economia é a palavra chave para turbinar sua experiência no exterior e, se você procura viajar com uma excelente relação custo-benefício, que tal contar com um plano de comunicação para compartilhar suas aventuras em tempo real? A Brasil Roaming oferece planos de comunicação e dados para que você conecte-se sem fronteiras. Conheça as condições em: https://goo.gl/Y3ccH5

 

Deixe uma resposta